MENU

Vitória - Joseph Conrad


Descrição do livro

O título não tem motivações bélicas. O próprio Joseph Conrad deixa isso claro em sua nota à primeira edição. Em tempos de guerra, as mentes abrem-se a sugestões e as palavras muitas vezes acabam tomando um caminho certeiro que pode não corresponder às intenções do autor. Não que ele tenha esse controle em tempos de paz. O livro ganha sentido na cabeça do leitor, e aí o autor nunca poderá intervir. O autor, de certo modo, será sempre refém do que escreve, mas isso não o impede de traçar um limite aqui e ali. Publicado em 1915, no primeiro ano da I Grande Guerra, Vitória trata da tragédia que é não conseguir se encontrar no mundo e dele não poder escapar.

Axel Heyst é um europeu, de origem nórdica, não o primeiro entre os personagens de Conrad que escolhe o isolamento de uma ilha nos mares do sul da Ásia após o fracasso de um empreendimento comercial, no qual se envolvera mais por acaso do que por vontade. De passagem por uma cidade próxima, vê Lena, a violinista inglesa de um grupo de músicos viajantes. Sente-se atraído e impelido a protegê-la. O conflito virá na forma de Schomberg, dono do hotel onde Lena e Heyst se conheceram, e de Mr. Jones e de seus auxiliares, Martin Ricardo e Pedro. Os três são desperadoes, errantes em busca de dinheiro fácil. Jones, cavalheiro inglês de estranha espécie; Ricardo, servil, mas dado a idéias; e Pedro, o bruto, simplesmente.

As primeiras resenhas de Victory apontaram um tom melodramático na história, mas o melodrama em Conrad é conseqüência da descida ao abandono de cada um. Parece que, em algum momento, todos tiveram de optar por algum tipo de afastamento e uma comunhão de renegados se fez, dividida em compaixão e esperança, de uns, e astúcia e malícia, de outros.

A última edição brasileira de Vitória saiu em 1986. Esta é a 12ª obra de Joseph Conrad publicada pela Revan.



Baixar, Livro, eBook, PDF, ePub, mobi, Ler Online




Sobre o Autor:

Joseph Conrad , de nome de baptismo Józef Teodor Nałęcz Korzeniowski (Berdyczew, 3 de dezembro de 1857 – Bishopbourne, 3 de agosto de 1924) foi um escritor britânico de origem polaca.[2] Muitas das obras de Conrad centram-se em marinheiros e no mar.

Conrad foi educado na Polónia ocupada pela Rússia. O seu pai, um aristocrata empobrecido de Nałęcz, foi escritor e militante armado, sendo preso pelas suas actividades contra os ocupantes russos e condenado a trabalhos forçados na Sibéria. Pouco depois, a sua mãe morreu de tuberculose no exílio, e quatro anos depois também o seu pai, apesar de ter sido autorizado a voltar a Cracóvia. Destas traumáticas experiências de infância durante a ocupação russa é possível que Conrad derivasse temas contra o colonialismo como no romance Heart of Darkness (Coração das trevas). A sua última obra publicada em vida foi 'The Rover' (1923), onde conta a história de Peyrol, um pirata que decide reformar-se.

Foi colocado sob os cuidados de seu tio, uma figura mais cautelosa do que qualquer um de seus pais, que não obstante, permitiu que Conrad viajasse para Marselha e começasse sua carreira como marinheiro com a idade de 17 anos. Em 1878, depois de uma tentativa falhada de suicídio, passou a servir num barco britânico para evitar o serviço militar russo. Aos 21 anos tinha aprendido inglês, língua que mais tarde dominaria com excelência. Conseguiu, depois de várias tentativas, passar no exame de Capitão de barco e finalmente conseguiu a nacionalidade britânica em 1884. Pôs pela primeira vez o pé em Inglaterra no porto de Lowestoft, Suffolk, e viveu em Londres e posteriormente perto de Cantuária, Kent.

O filósofo Bertrand Russell, que veio a conhecê-lo depois da sua chegada a Inglaterra, tinha verdadeiro fascínio pela sua obra, em especial, pela obra Coração das trevas. (O grau de amizade foi tal que Russell baptizou um de seus filhos com o nome "Conrad".



Essa obra e vários outros livros estão online nesse site divididos em capítulos para facilitar a leitura em Tablets e Celulares, bastando adicionar nos favoritos o último capítulo lido. Clique Aqui!






Vitória - Joseph Conrad


Essa obra e vários outros livros estão online nesse site divididos em capítulos para facilitar a leitura em Tablets e Celulares, bastando adicionar nos favoritos o último capítulo lido. Clique Aqui!